Relato e fotos da Caravana

Ontem passou aqui por Fortaleza a Caravana da Tecnologia 2007 trazendo muita gente boa e fazendo um grande evento.

Logo cedo da manhã tivemos a primeira palestra com o Tim Jacobson sobre computação de alto desempenho com o Sun Studio.


Pthreads, OpenMP e MPI

Ele mostrou um pouco de história e as diversas ferramentas para se trabalhar com computação de alto desempenho.


A tradução simultânea em ação sendo transmitida via FM para quem trouxe seu radio.

Tim também falou da importância de se aprender a programar para processadores de múltiplos núcleos e também falou um pouco sobre linguagens, programação e mercado de trabalho.


Tim falando sobre processadores multi-core em seu notebook.

Houveram vários benchmarks sobre otimização e também sobre os compiladores da Sun. Uma ótima palestra para quem, como eu, brinca com clusters e supercomputadores.

A segunda palestra foi a do Edward Pilatowicz sobre o sistema operacional livre, o OpenSolaris. Ele é um desenvolvedor do kernel do OpenSolaris e conhece a fundo o sistema.


Ed respondendo às dúvidas da plateia.

De longe o que eu gostei mais foi o DTrace. É algo tão incrível que é difícil de explicar.

O Dtrace é um ferramenta livre do OpenSolaris para fazer inspeção num programa rodando. Eu nunca tinha visto nada parecido. Com o DTrace você consegue inspecionar o código para saber em que função o programa entrou mais, quanto tempo levou, quais os parâmetros e praticamente qualquer coisa.


Ed tirando coelhos da cartola =D

Você pode inclusive ver as chamadas entre diferentes processos, kernel ou libc. É como se você estivesse vendo o mundo com os olhos do sistema operacional.

Ed também fez uma apresentação do ZFS, um robusto sistema de arquivos que eu estou ansioso para usar. É surpreendentemente diferente dos sistemas de arquivos que eu estou familiar.


DTrace em ação.

Ed falou também sobre o Projeto Indiana, que a partir de agora deve ganhar uma certa popularidade. O projeto Indiana é uma distribuição do Opensolaris mais bonita e fácil de usar, como o Ubuntu é para o Linux.

Ao final da palestra todo mundo que estava lá ganhou um kit com CD e DVD do OpenSolaris e também um livreto de introdução ao opensolaris com práticas de ZFS e DTrace.


Livretos Introdução a Sistemas Operacionais – Uma abordagem prática usando o projeto OpenSolaris.


Eu ganhando o meu DVD =D

Se você ficou sem esse material, não se preocupe. Esse livro está disponível para download aqui. Já os CDs e DVDs você pode baixar no site do OpenSolaris. Você também pode pedir um OpenSolaris Stater Kit para ser entregue em sua casa.


Uma pausa para o almoço =P


Tropa de elite tocando num iphone.


Um kit do SunSPOT, no momento só disponível para venda nos EUA.

A tarde houve uma apresentação sobre o SunSPOT (Sun Small Programmable Object Technology).


Ligando os brinquedos.


Botão de ligar/desligar e saída USB do SunSPOT


Um SunSPOT ligado.

Dentro do SunSPOT há uma Máquina Virtual Java (a Squawk) e diversos brinquedinhos como sensores de luz, movimento, aceleração, temperatura, transmissor de rádio etc.


SunSpot na minha mão.

Foi uma palestra que deu muito o que falar até porque é sempre um assunto que desperta muita curiosidade. Se você quiser saber mais sobre o SunSPOT, vá aqui.

A palestra seguinte foi a do Tim Boudreau sobre Java e Netbeans.

O Tim mostrou um release do Netbeans 6. Foi muito normal escutar ooooh vindo da platéia enquanto ele mostrava as novas funcionalidades.

Eu falei um pouco (e de improviso) sobre o Sun Academic Initiative (SAI) e sobre o programa de Embaixadores de Campus da Sun. Em breve eu faço um post explicando tudo sobre o SAI.

Por fim o Bruno Souza (aka Javaman) deu uma palestra sobre Software Livre e nós tivemos uma maratona de perguntas e respostas sobre os mais diversos temas, sobretudo Java.


Maurício Leal respondendo perguntas.

Foi muito bom também porque eu pude finalmente conhecer o Eduardo Lima pessoalmente. Agora ele não é mais só uma voz misteriosa no telefone. =D


Quase todo mundo junto e mais alguns professores de algumas faculdades daqui.

O pessoal tinha que voar para Salvador a meia-noite então nós fomos jantar no Coco Bambu para a caravana experimentar algumas comidas típicas daqui.


Com certeza foi um dia muito divertido.

Eu queria agradecer a todo mundo que esteve por trás do evento, a caravana, ao Felipe Gaúcho que mesmo lá em Zurique conseguiu estar do nosso lado fazendo tudo, ao CEJUG que esteve suando a camisa para que tudo desse certo, a FANOR pela infra-estrutura e pelo apoio e a todos que compareceram ao evento.

Foi realmente um sucesso e esperamos repetir a dose qualquer dia desses.

  • bônus 1: o restante das fotos que eu tirei estão aqui.
  • bônus 2: O Rafael Carneiro também fez um post sobre o evento, aqui.
  • bônus 3:  O Edward também colocou algumas fotos aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>