One thought on “baratas”

  1. Parcialmente verdadeiro (exceto pelo “inteligentes”), já existe uma espécie de barata que já são essas “rápidas” e também menores e mais resistentes a venenos. São as Blatella germanica, uma verdadeira praga. As outras espécies de barata comuns são a Blattidae orthoptera e Periplaneta americana.

    Note que a evolução não funciona assim – “nasce” uma geração de baratas rápidas e menores. Simplesmente as mais rápidas, resistentes, ou que conseguem se esconder com mais facilidade acabam sobrevivendo e reproduzindo mais do que as outras e, sendo a característica genética/hereditária, passam isso pra frente. As variações que passam já existem, apenas se acumulam. Ocasionalmente aparece alguma mutação nova em um invidíduo da espécie e em alguns raros casos essa mutação será vantajosa nesse contexto, aí então ela também é selecionada e o número de indivíduos com ela cresce em cada geração.

    É necessário esclarecer isso? É sim. Nesses tempo do estúpido criacionismo ganhando mentes, precisamos ser mais precisos e claros do que nunca. Muita gente lê essas frases e acredita que a evolução acontece assim mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *