Cabeça-de-Radar

Acho que levei uma multa ontem. Eram duas da manhã, uma rua vazia. Vi um flash. Conferi hoje e vi aqui havia sim um radar lá.
:(
Fiz esse desenho pra expressar minha frustração.

cabeça radar

Código-fonte: cabeca_radar.svg

3 thoughts on “Cabeça-de-Radar

  1. A esperança é a última que morre… Eu tomei uma fotografada na via expressa (irônico, né? mas não vem ao caso) mas acabou que não teve multa.. Não sei como está essa onda de radares aqui em Fortaleza, sei que eu escapei e estou torcendo para que você tenha escapado também…
    Uma dica que dou, que foi o que eu fiz… Compre um GPS… Desde então nenhum radar me surpreende e ainda consigo achar qualquer endereço com a maior facilidade… Acredito que você tem um n800, então é só comprar o adaptador mesmo…
    Abraços

  2. Fico até imaginando a cena da invenção das lombadas:

    Era uma vez, no comitê extraordinário de planejamento do Neandetran…

    UgaBuga1: irmãos, aqui estamos reunidos porque precisamos resolver um problema urgentemente. A tecnologia nos pegou. Estão inventando carros cada vez mais seguros e velozes, as estradas asfaltadas estão ficando cada vez melhores e não temos desculpas para piorá-las, e não estamos conseguindo verba suficiente para pôr semáforos, pardais e radares como gostaríamos. O nosso maior pesadelo parece estar tomando forma, que é as pessoas conseguirem chegar a tempo em casa ou no trabalho ou onde quer que estejam indo.

    UgaBuga2: Isso é muito grave. Precisamos fazer alguma coisa. Bom era antigamente, em que todo mundo andava de carroça e demorava dois dias pra andar 100 quilômetros.

    Iabadabu1: Nada tema, eu tenho a solução. Não podemos piorar o asfalto das ruas e estradas, mas eu proponho uma solução de baixa tecnologia contra a alta tecnologia do material. Chama-se LOMBADA. É basicamente um calombo na estrada, uma pedra artificial no meio do caminho, e se torna ainda mais delicioso se a pessoa estiver confiando no asfalto e indo rápido: além disso, estaremos dando trabalho a muitos mecânicos e funileiros…

    (Nesse momento o comitê todo se levanta e aplaude de pé o Iabadabadu1…)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *