O pendrive que infla

Não é notícia nova mas parece que muita gente ainda não viu.

pendrive que incha

Esse é o FlashBag, um pendrive muito diferente criado pelo projetista russo Dima Komissarov, que já trabalhou em projetos até da agência espacial russa. A idéia do FlashBag é que o estado de armazenamento do pendrive é facilmente visto pelo usuário, mesmo quando o pendrive não está ligado no computador.

Quando o pendrive está vazio ele é fininho como um pendrive normal. A medida que você vai colocando dados nele e ele vai ficando mais cheio, o pendrive mais inflando, até que quando ele atinge os 2GB de capacidade ele está totalmente inflado.

flashbag, o pendrive que infla

Porém o flashbag é um projeto conceitual por enquanto e procura por um fabricante interessado em comercializar o produto.

Na minha opinião, foi uma idéia inovadora e altamente funcional. Talvez inflar não seja o melhor design para indicar o volume do pendrive, mas é uma funcionalidade necessária. Uma boa seria uma barrinha progressiva que fosse puxada por um minúsculo motor, por exemplo.

7 thoughts on “O pendrive que infla

  1. Não tinha visto.E acho ma idéia leal.mas não pra mim pq sempre seixo meu MP4 e pen drive(ambos) cheios 90% .Num vejo nescessidade de deixar coisa no pc podendo deixar tbm no pen drive XD

    Mas seria melhor mesmo uma barrinha tipo indicador de bateria do celular ;D

  2. Daniel, a barrinha seria ótima mas tem que ser implementada.

    O primeiro é deixar um display ligado direto, o que consome bateria, e a priori um pendrive não tem bateria. Se deixar um display usando a força do próprio USB, só funcionará quando ele estiver conectado ao computador. Aí perde a utilidade já que a idéia é que o usuário possa ver o estado do sistema em qualquer momento, por exemplo, andando no meio da rua.

    O inflável tem essa vantagem. Você pode estar em qualquer lugar, por a mão no bolso e sentir o tamanho do pendrive. Não precisa nem olhar!

    O que eu faria é o seguinte, aproveitava a linha de corrente do próprio USB, acho que são 5 volts. Com isso alimentaria um pequeno motor para puxar uma barrinha, bem leve, que indicaria o estado. Assim quando ele estive conectado há uma máquina ele atualizaria o estado do sistema.

  3. Vixi cara, esse pendrive não dava certo pra mim não. Meu pendrive ta 90% ocupado cerca de 99% do tempo (pura preguiça de remover as coisas). Já pensou carregar um troço desse tamanho no bolso? :D
    Eu acho que, do jeito que ele infla, ele poderia mudar de cor, o que tu acha Silveira? Ai seria mais facil.. se tivesse vazio era banco.. ai fazia algo do tipo

    cor = x*Preto + (1-x)* Branco

    pra determinar se o bixao ta cheio, onde x é o percentual cheio :D Se tiver cheio fica pretão.. legal não? Deve ser +- a mesma lógia do inflável.. so tem que achar um material que permita isso :)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *