Skip to content

Cromakey no Cinelerra

cinelerra editando

Continuo minha epopéia para desvendar os segredos das complexas interfaces do Cinelerra. Dessa vez aprendi a usar o cromakey usando uma filmagem minha mesmo contra uma parede azul.

Os dois monitores ajudam muito. Essa máquina aqui é uma das máquinas que eu usei para editar. É uma das duas máquinas de edição multimídia na unidade da Casa Brasil do Vila União.

Cinelerra

O resultado. Ainda falta muito pra chegar no nível de excelência do cromakey do Chapolin mas a gente chega lá.

A imagem de fundo é de 1888 por James Valentine, vinda da Galeria Nacional da Escócia no Commons. O som é de um trecho da música La mort de Chloé por Xcyril.

Logo que eu tiver um maior domínio da técnica eu faço um tutorial explicando o procedimento. ;)

Published inportuguês

4 Comments

  1. Fico esperando o tutorial, que eu também quero aprender a mexer no cinelerra :p

  2. Salve!,

    Dom Silveira, tentei instalar o cinelerra no meu Ubuntu aqui, mas não funcionou pelas indicações do próprio site.
    Há alguma outra forma?

    Brigadão mesmo!

  3. Rafaelskater Rafaelskater

    Meu deus eu quero aprender a faser um slowmotion no cinelerra!!!!Ja pesquisei em tudo quanto é canto!!

Leave a Reply to Geovane Gomes Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *