Webinar de Glassfish com o Arun Gupta

painted indian glassy fish from Wikipedia
Glass fish da Wikipédia.

conduzirá um webinar sobre o Servidor de Aplicações Glassfish.

Muitos de vocês devem conhecer o Arun Gupta, Entusiasta de Glassfish com enfase em consolidação web na Sun. Ele foi um dos condutores da especificação da plataforma Java, está comprometidos com diversos projetos de Código Aberto e Software Livre, participou de vários comites de padronização e participou de releases ddo Java EE e SE. É um blogueiro prolífico com várias dicas muito úteis no seu http://blogs.sun.com/arungupta.


Arun Gupta no JavaOne. Foto do Marc Hadley.

Este webinar será conduzido em Inglês e está marcado para o dia 3 de Fevereiro de 2009, as 10:30 am aqui no horário de Fortaleza, e 9:30 am 11:30 em São Paulo e 8:30 am no horário da Califórnia.

Para participar responda o RSVP e pegue o link do Elluminate dentro do site do evento no OSUM.

4 thoughts on “Webinar de Glassfish com o Arun Gupta”

  1. Eu acho que glassfish é um puta de um nome inadequado. Para explicar, eu vou ilustrar a situação do pote de sorvete: Imagine que você acorda de noite com fome, vai até a geladeira, abre a portinha de cima e vê que tem um pote de sorvete de chocolate lá dentro. Oba!!! Justo o que você queria pra matar a fome. Mas aí você abre o pote e vê que sua mãe (ou esposa, amante, etc.) colocou o FEIJÃO que sobrou da janta naquela porcaria de pote!!!!!!!! É a coisa mais brochante que existe e faz você perder a vontade de comer o sorvete E o feijão depois (que acaba apodrecendo na geladeira). (Outro dia minha mãe esteve onde moro – eu moro sozinho – e aconteceu justamente isso: ela queria colocar o feijão no pote de sorvete. Eu proibí, e fiz ela usar o tupperware dedicado pra isso que tenho)

    Bom, quem conhece a Sun lembra de outro projeto dela de nome bem parecido, o Looking Glas, um desktop 3D bem bonito, o sorvete de chocolate na nossa analogia. Aí toda vez que eu vejo algo com “Glass” vindo da Sun, não tem jeito, eu penso no Looking Glass. E vejo a m(*@&#(*&( de um servidor de aplicações insosso que é o Glassfish, o FEIJÃO da nossa analogia. Sinto, mas isso brocha demais, e é por isso que eu nunca vou querer saber do Glassfish, tenho bronca com ele por destruir meus sonhos. :(

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *